FIDC no Mercado

É um instrumento financeiro relativamente novo no mercado de capitais, dado que foi regulamentado em 2001 e a 1ª emissão foi realizada no ano subsequente.

Criados em 2001 pelo Conselho Monetário Nacional (CMN) e, regulamentados, pela Comissão de Valores Mobiliários (CVM), os Fundos de Investimento em Direitos Creditórios - FIDC'S, também conhecidos como Fundos de Recebíveis, têm a maior parte de suas carteiras (pelo menos 51%), composta por título de créditos e também funcionam como um instrumento de antecipação de capital para o setor produtivo, assim como uma opção de maior rentabilidade para os investidores.